Home / blog / Autismo e MEDIF, minha experiência pessoal!

Autismo e MEDIF, minha experiência pessoal!

Sim! Consegui utilizar o MEDIF e vou compartilhar aqui minha experiência pessoal, complementando o post anterior “Autistas têm direito à acompanhante com desconto em viagens aéreas?” que gerou inúmeros compartilhamentos, dúvidas e agradecimentos.

 

Decidi tirar uma semana de férias fora de temporada e descobri, em minhas inúmeras pesquisas pelos direitos dos autistas, a respeito do MEDIF ( relatório médico solicitado pelas companhias aéreas para comprovar a necessidade de um acompanhante àquele passageiro e, pela lei da ANAC, usufruir de um desconto de 80% na passagem aérea desse acompanhante).

 

A origem era São Paulo e o destino Natal, no Rio Grande do Norte. Passagem de ida e volta (apesar de querer a passagem só de ida rsrs, aquela cidade é fantástica, praias e dunas incríveis, além do povo extremamente receptivo)

Assim que defini o destino comecei a procurar passagens promocionais nos sites das companhias aéreas. A melhor cotação daquele dia foi na Latam (www.latam.com.br) Liguei então no 0800 para saber qual o procedimento da companhia para utilização do MEDIF. A atendente me explicou, de forma curta e grossa. E quando eu estava quase fazendo a reserva das passagens, ela me disse que nas lojas físicas costumavam ter promoções e tarifas melhores. Desisti da reserva e entrei em contato com a loja física mais próxima, inicialmente pelo telefone.
O atendente da loja física Latam não fazia a menor ideia do que se tratava o MEDIF, e no fim, eu que o estava ensinando a utilizar o site da própria empresa, dizendo onde clicar para chegar até o formulário e do que consistia o relatório médico. Ele me disse para ir pessoalmente conversar com a gerente, que só ela poderia autorizar o desconto. No dia seguinte fui pessoalmente à loja e a gerente estava em horário de almoço, então outro atendente veio me atender, esse sabia menos ainda que o primeiro, quando eu disse a respeito dos 80% de desconto, parecia que eu tinha xingado a mãe dele (rs), fechou a cara, disse que nunca ouviu falar disso, anotou meu telefone para que a gerente me retornasse e foi atender outra pessoa que estava na loja, com ar de ofendido, me deixando lá.
No fim do dia a gerente me ligou, pelo menos ela não achava que MEDIF era um palavrão, sabia da existência do benefício ao acompanhante, pediu desculpas, mas também não sabia ao certo como proceder, me dando algumas informações erradas, que eu, nessa altura do campeonato, já sabia de cor o site da Latam, e a corrigi na hora. Tanta desinformação me deixou insegura e fui procurar em outra companhia aérea.

 

Entrei no site da GOL (www.voegol.com.br) e estavam com passagens promocionais. Liguei no 08007040465 e conversei com uma atendente de nome Juliane, que merecia uma promoção para gerente. Super educada, sabia todas as informações necessárias, me explicou com muito carinho, didática e paciência. Me ensinou a pegar o formulário no próprio site, me deu dicas de preenchimento, como não ter rasuras, não deixar de preencher nenhum item, não ter letras diferentes no mesmo formulário. Me informou o e-mail para onde deveria enviar o formulário preenchido (medif@voegol.com.br) e fez as reservas para mim com a melhor tarifa, já me informando o número dos vôos, código de rastreamento e horários de embarque.

Marquei então uma consulta com a neurologista do Enzo para preenchermos o formulário. Ele é chatinho de preencher sim. Formulário preenchido enviei ao e-mail informado. Passados dois dias, me responderam dizendo que alguns itens não foram preenchidos corretamente e faltavam alguns dados. Solicitei à médica, preenchi o que faltava e enviei novamente o formulário. Dois dias depois me responderam dizendo que haviam APROVADO o formulário, estava tudo ok e poderíamos dar prosseguimento ao pagamento das passagens.
Valor integral + taxa de embarque para o passageiro, no caso o Enzo, com tarifa de criança e para mim como acompanhante, um desconto de 100%, isso meeeeesmo, 100%! Até aquele mês a GOL estava oferecendo um desconto de 100% para os acompanhantes que utilizavam o MEDIF, pagando somente a taxa de embarque. A partir do próximo mês já trabalhariam com o desconto de 80% exigido pela lei da ANAC.

No dia da viagem foi necessário apresentar o MEDIF preenchido juntamente com os documentos pessoais, tanto do passageiro quanto do acompanhante no ato do checkin. Nos colocaram no assento mais confortável do avião sem cobrar pelo upgrade. Parabéns à GOL pelo excelente treinamento dos seus funcionários, por conhecerem e cumprirem a lei de forma tão humanitária. E foi uma viagem maravilhosa!

Enzo parecia um “pintinho no lixo”, se divertiu muito, teve oportunidade de socializar com outras crianças e adultos, de praticar o que aprendeu em terapia, de se desenvolver um pouco mais, de beber água do mar (rs) e principalmente, de ser a criança feliz que ele merece ser!!! Graças a Deus. Um dia de cada vez…

Confira também

Autismo e os benefícios do Muay Thai!

Em minhas intermináveis pesquisas por uma melhor condição de vida, e maior desenvolvimento para meu …

10 comentários

  1. Parabéns pela insistência minha querida sobrinha. Não desista jamais de seis direitos . Deus te abençoe sempre…

  2. Maíra Abreu Salles de Carvalho

    Parabéns pima!!!! Com certeza vai ajudar muita gente com mais esse POST!
    Beijos

  3. Parabéns!!! Vc nos spupreende a cada dia !! E semeando informações importantes. Que pode ajudar muitas pessoas!! Você é gente que faz.!!! Diferença!! Te amo minha sobrinha!!!

  4. Lane Magalhaes

    Parabéns Michelle
    Você é mesmo surpreendente!!
    Bjs no coração

  5. Thaiza Ozorio Flores

    Boa tarde! pretendo fazer também uma viagem com meu filho autista pela Gol e a duvida é, eu faço as reservas minha e dele antes de enviar o MEDIF preenchido? O pagamento é só depois que o desconto é aprovado? você comprou a passagem pela internet ou loja fisica?

    Desde de já agradeço!

    Bjs

    • Michelle Carvalho

      Oi Thaiza, ligue no 0800 da Gol que te darão todas essas informações e explicarão o procedimento.
      Inicialmente você faz, pelo telefone, a reserva das passagens, tem um prazo para enviar os documentos solicitados para análise da companhia aérea.

  6. Juliana Holanda

    Parabéns pela iniciativa. Lindo relato, Juntos somos mais fortes.

  7. Lucia Cardinali

    Vou tentar o desconto, tem idade mínima para a criança!? Qual a idade do Enzo?

    • Michelle Carvalho

      Não tem idade mínima, se tiver toda documentação certinha. Enzo está com 4 aninhos, atualmente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

6 + três =